Buscar
  • Sergio Camargo

Como evitar diminuição da vida útil da bateria de sua empilhadeira elétrica


As empilhadeiras elétricas conseguem fazer tudo o que uma empilhadeira à combustão faz, com manutenção e consumo de energia menores. Isso é possível graças à bateria tracionaria. A bateria, porém, requer cuidados especiais... Não cuidar corretamente da bateria pode reduzir – e muito - a vida útil, causar falhas e aumentar os custos.



1. Efeitos de altas temperaturas na vida útil da bateria


O calor é um grande inimigo da bateria. O calor da operação da empilhadeira faz com que o chumbo dentro da bateria se deteriore. Se você usar a empilhadeira e a bateria durante um turno inteiro, certifique-se de deixar a bateria carregar corretamente e repousar por tempo suficiente para esfriar antes de usá-la novamente na empilhadeira. Além disso, enquanto você estiver carregando é interessante abrir o capô para melhorar a ventilação. Isso ajudará a resfriar a bateria da empilhadeira. O calor pode simplesmente subtrair anos de vida útil da bateria se não for gerenciado adequadamente.



2. Carregamento de mais ou de menos reduzem a vida útil da bateria


Sua empilhadeira precisa de uma boa noite de descanso assim como o resto de nós. Se você não dorme o suficiente, você pode estar esgotado durante o dia, mas se você dormir demais, você ainda pode sentir-se desgastado. Se você não recarregar corretamente a bateria da sua empilhadeira você corre o risco de prejudicar sua vida útil. Se você carregar de mais a bateria você corre o risco de gerar excesso de calor causando a deterioração da bateria (o calor não é amigo da sua bateria, como falamos antes). Por outro lado, um carregamento insuficiente levará à sulfatação das placas e falha da bateria. Sub-carregamentos também podem reduzir drasticamente a vida útil da bateria.



3. Nível de água da bateria


Sua bateria requer água para fornecer a energia adequada para sua empilhadeira. Baterias de chumbo-ácido usadas em empilhadeiras normalmente têm uma mistura de 35% de ácido sulfúrico e 65% de água dentro de suas células. Você pode ver que a água é muito importante para alimentar a bateria. Durante a descarga, a água evapora, mas o ácido não. A evaporação cria níveis desproporcionais de água e ácido. Então, você precisa repor essa água perdida. Porém se a bateria for abastecida com água em algum estágio que não o de totalmente carregada, você põe em risco sua bateria derramando água e ácido sobre a bateria e o chão. Isso faz com que a bateria se oxide, perca ácido e a capacidade de operação. Em resumo, você só deve completar a bateria com água depois de ter sido totalmente carregada. Lembrando que a água usada deve ser destilada ou deionizada.



Referência: Blog do Site Toyota

https://www.toyotaforklift.com/blog/do-forklifts-hold-grudges-three-reasons-why-you-might-have-shorter-electric-forklift-battery-life



375 visualizações1 comentário
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon

(11) 3729-2822

 

Liftcom@Liftcom.com.br

LIFTCOM Equipamentos

Avenida Luiz Dumont Villares 894, Conj. 4 

Jardim São Paulo 

São Paulo - SP