• Sergio Camargo

Como comprar uma empilhadeira usada




É importante verificar os itens abaixo, por ordem aproximada de importância. Muitos itens precisam ser verificados testando e inspecionando pessoalmente a empilhadeira.


Em primeiro lugar verificar se a empilhadeira é adequada para sua aplicação

Precisam ser observados:

- Se o combustível utilizado é adequado ao ambiente de trabalho

- Se a capacidade da empilhadeira é compatível com o peso e o centro de gravidade da carga que se quer elevar

- Altura de elevação da carga

- Limitações de espaço para operar tanto na área quanto na altura


Idoneidade do fornecedor

Antes de comprar qualquer equipamento usado é importante saber de quem está se comprando. É comum no mercado fornecedores mal-intencionados que vendem “gato por lebre” ou equipamentos com boa aparência, mas em mal estado prestes a dar um grande problema com alto custo de manutenção.

Nem sempre é possível conhecer a empilhadeira num curto período de teste. Informações sobre o histórico de manutenções, pelo menos o mais recente, são importantes para minimizar o risco de problemas a curto / médio prazo. Um vendedor idôneo fornecerá informações confiáveis sobre o estado real da empilhadeira sem induzir o comprador a erro.

Além de dar mais segurança com relação ao estado do equipamento, comprando de um fornecedor idôneo corre-se menos risco de comprar um equipamento roubado ou resultado de fraude, o que infelizmente acontece com alguma frequência no Brasil.

Caso alguma garantia seja fornecida, é importante avaliar a credibilidade do fornecedor se as promessas serão cumpridas.


Como será feita posteriormente a manutenção

Todo equipamento, inclusive os novos, vão necessitar de manutenção preventiva e corretiva. Algumas marcas e modelos de equipamentos tem muita dificuldade de se encontrar peças ou requerem mão de obra muito especializada para consertar o equipamento. O ideal é comprar equipamentos com boa oferta de peças e mão de obra simples.


Motor e transmissão

Deve-se verificar com atenção como estão esses sistemas. São os itens mais caros de manutenção. Além de testar, deve-se ficar atento a eventuais vazamentos.

Deve-se verificar também se existem ruídos estranhos vindo do motor (roncos ou batidas) e como é a fumaça do escapamento.


Bateria Tracionarias (no caso de empilhadeiras elétricas)

Assim como um pneu de automóvel bateria tracionaria é um item que tem vida útil, precisa ser trocada após um número determinado de ciclos de carga e descarga. Algumas baterias no fim da vida útil mal proporcionam uma hora de operação antes de necessitar de uma longa recarga. Baterias para empilhadeiras elétricas são itens extremamente caros. As baterias de 80V são mais caras que as de 48V que são mais caras que as de 24V. Uma bateria nova pode custar mais que o preço da empilhadeira usada. Em caso de dúvida convém consultar um especialista em baterias para verificar o estado da bateria.


Freios

É importante testar o freio em ambiente seguro antes de comprar. De nada adianta um motor forte se a empilhadeira não vai parar quando se pisa no freio podendo causar um sério acidente. Mesmo que as manutenções nos freios a tambor não sejam as mais caras, é importante estar ciente da situação dos freios e se não estiverem bons, cuidar disso imediatamente após a compra.


Hidráulica

Pode-se testar a força da bomba hidráulica levantando uma carga de peso próximo ao da aplicação para qual se está adquirindo a empilhadeira.


Elétrica

É bom verificar os equipamentos e dispositivos elétricos. Normalmente não são itens de manutenção cara como motor e transmissão.


Pintura

A pintura não tem impacto nenhum no funcionamento da empilhadeira, no entanto ela passa para o operador e pessoal de manutenção a ideia de que é um equipamento limpo, bem cuidado e espera-se que eles a mantenham assim.


Pneus

Pneus são itens de desgaste, se o pneu estiver ruim mas o resto da empilhadeira estiver em excelente estado e preço bom, pode se considerar a compra da empilhadeira e trocar os pneus depois.


Garfos

Verificar se tem o comprimento correto para a aplicação, se não estão empenados a ponto de prejudicar a operação e se não foram soldados.

14 visualizações0 comentário
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon

(11) 3729-2822

 

Liftcom@Liftcom.com.br

LIFTCOM Equipamentos

Avenida Luiz Dumont Villares 894, Conj. 4 

Jardim São Paulo 

São Paulo - SP